Média da taxa de isolamento social em Indaiatuba é de 56% nos últimos dias

272 0

Levantamento é do sistema que monitora telefones celulares em todo o Estado

Nos últimos cinco dias a média do percentual de isolamento registrado em Indaiatuba foi de 56%, número abaixo da adesão ideal para controlar a disseminação da Covid-19, que é de 70%, conforme o Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo.

Levantamento realizado por meio do Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do Governo de São Paulo revelou que a taxa de isolamento em Indaiatuba foi de 49% na quinta-feira (09), véspera do feriado da Paixão de Cristo, para 61% na sexta-feira, caiu para 57% no sábado (11) e depois subiu para 61%. O sistema analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social no Estado, determinadas pelos decretos estaduais (nº 64.881 e nº 64.920) e municipais (nº 13.037 e nº 13.943).

O Prefeito Nilson Gaspar reconhece que este é um momento muito difícil para todos, mas reforça que ainda não é hora de relaxar com as medidas de segurança. “Fico feliz que a nossa taxa de isolamento esteja se elevando, mas ainda tenho observado alguns pontos com aglomeração de pessoas. Se afrouxarmos as medidas agora a tendência é que tenhamos muito mais casos e mortes. Como prefeito e como cidadão quero que tenhamos nossas vidas preservadas e que tudo volte à normalidade. Mas, para que isso aconteça, quanto mais cumprirmos o isolamento, mais rápido nos veremos livres dessa pandemia”, disse.

Informações atualizadas sobre os casos notificados da doença na cidade podem ser consultados no link https://www.indaiatuba.sp.gov.br/saude/vigilancia-em-saude/vigilancia-epidemiologica/novo-coronavirus/.

 

AÇÕES

Desde o início da pandemia no Brasil, a Prefeitura de Indaiatuba adotou diversas ações visando ampliar a conscientização da população sobre a importância de manter o isolamento social. Foram afixadas faixas e outdoors reforçando o #fiqueemcasa; carros de som estão circulando em todo o município lembrando às importantes medidas para se proteger contra o novo coronavírus; a fiscalização em supermercados e farmácias foi ampliada; a guarda civil municipal também tem atuado conscientizando as pessoas durante o patrulhamento pelos bairros.

Diariamente as redes sociais da prefeitura também trazem informações sobre os cuidados necessários para evitar a contaminação, além de informar sobre o número de casos suspeitos e confirmados. A administração municipal também lançou o aplicativo “Minha Indaiatuba” com o objetivo de facilitar o acesso às informações oficiais do município e o WhatsApp da Saúde (19 99779-3856) para que as dúvidas possam ser sanadas com maior rapidez.

Também foi criado um blog na página da prefeitura (www.indaiatuba.sp.gov.br) para contendo todas as informações relacionadas à doença, informativos epidemiológicos e dúvidas mais frequentes relacionadas ao novo coronavírus.

RESPONSABILIDADE

O Ministério Público Federal divulgou no sábado (11) uma nota pública alertando que gestores de estados e municípios que flexibilizarem as medidas de distanciamento social sem respaldo técnico para absorver o eventual impacto do aumento de número de casos de Covid-19, poderão responder por improbidade administrativa.

Segundo a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, órgão do Ministério Público Federal, “no Brasil, a decisão de manter, ou não, aberto o comércio e a atividade econômica em geral pode significar uma diferença de mais de um milhão de vidas. A simples mitigação do esforço de quarentena social pode produzir catastróficos impactos em relação à estratégia de supressão do contato social, tal como mais 90 milhões de brasileiros infectados em até 250 dias, 280 mil cidadãos mortos e 2 milhões de internações”.

Foto: Arquivo – Eliandro Figueira RIC/PMI

error: Conteúdo protegido.