Indaiatuba realiza sorologia que detecta anticorpos para a Covid-19

236 0

Cidade é uma das primeiras a região a implantar o novo exame

A Prefeitura de Indaiatuba está realizando um novo teste para a detecção de Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus. Trata-se da Sorologia IgG, que verifica a resposta imunológica do corpo em relação ao vírus, ou seja, se a pessoa já foi infectada pela doença e tem os anticorpos para a Sars-CoV-2. Atualmente há disponível oito mil testes.

A cidade é uma das primeiras da região a adotar o teste de sorologia laboratorial para a detecção de anticorpos IgG, autorizado recentemente pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), por já possuir o equipamento laboratorial Abbott Architect®, utilizado também para o diagnóstico de outras doenças como HIV por exemplo.

O teste de sorologia IgG é indicado de acordo com critério médico após avaliação clínica. Para que o teste seja efetivo, este deve ser coletado preferencialmente sete dias após o início dos sintomas e para os contactantes de casos positivos a coleta também deverá obedecer aos mesmos critérios. O prazo é necessário pois a produção de anticorpos só acontece depois de um período mínimo após a exposição ao vírus. Profissionais de saúde que têm contato com pacientes infectados, também farão o teste.

A secretária municipal de Saúde, Graziela Garcia, explica que esse novo exame será um grande aliado para identificar o alcance do vírus na cidade. “Saber quais pessoas já desenvolveram imunidade para essa doença indicará as regiões da cidade que merecem maior atenção das nossas equipes de saúde. Será um grande aliado, especialmente nesse momento que começamos a ter uma flexibilização da quarentena”, comenta.

Ela ressaltou ainda a importância de procurar atendimento médico ao sentir sintomas de gripe. “Muitas pessoas chegam nas unidades de saúde querendo fazer o teste para a Covid-19, mas é preciso salientar que é imprescindível que um médico avalie as condições clínicas do paciente para indicar o exame adequado. Cada um dos três testes de que dispomos (RT-PCR, testes rápidos e a sorologia IgG) é indicado para uma fase da doença”. O investimento da Prefeitura nos testes ultrapassa um milhão de reais.

Crédito: Divulgação RIC/PMI

error: Conteúdo protegido.