Prefeitura e Haoc respondem acusação sobre falta de leitos e exame

340 0

Levantamento realizado pelo Haoc desmente todas acusações

 

Em post divulgado em uma rede social, pelo perfil denominado Mozart Corrêa, a Prefeitura e o Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) são injustamente acusados de não dizer a verdade com relação à quantidade de leitos disponíveis e de que a filha dele teria saído do hospital sem diagnóstico certo e sem realizar tomografia.

O levantamento realizado pelo Haoc desmente todas essas acusações. A paciente de 33 anos deu entrada no hospital, às 15h58 do domingo (7), com sintomas de Covid-19. Foram realizadas Tomografia, Gasometria e Exame Físico. Ela foi devidamente medicada e ficou em observação com todo apoio necessário. Por volta de 6h de segunda-feira (8), teve alta com orientações de permanecer em isolamento e prescrição dos medicamentos indicados ao tratamento de Covid-19. Assim, todos os exames solicitados pelo médico foram realizados, o diagnóstico apresentado, bem como prescrito o tratamento e indicado o isolamento.

A Secretaria Municipal de Saúde e o Haoc consideram um desrespeito esse tipo de post em redes sociais. Além de propagar inverdades, podem gerar medo e preocupação na população. Ambas instituições reforçam que os profissionais de Saúde estão empenhados em cuidar e salvar vidas diariamente.

error: Conteúdo protegido.