SP voltará à etapa vermelha após 28 dias em fase emergencial

80 0

Após passar 28 dias sob as regras da etapa emergencial do Plano São Paulo, o estado voltará à fase vermelha de flexibilização econômica na próxima segunda-feira (12). No entanto, a gestão Doria vai impor novas restrições além daquelas já estabelecidas anteriormente.

Os detalhes da decisão, confirmada por duas fontes à reportagem da Record TV, serão anunciados nesta sexta-feira (9) durante a apresentação do governo paulista.

O Centro de Contingência do Coronavírus, que faz avaliações diárias sobre o número de casos, internações e mortes, havia recomendado ao governo a extensão da fase emergencial por pelo menos mais uma semana. A mudança impactaria também na data para o retorno das aulas presenciais na capital paulista.

Na terça-feira (6), o Estado de São Paulo voltou a ter, após 50 dias, o número de novas internações em UTIs (unidades de tarapia intensiva) menor do que a quantidade de altas. A informação foi publicada pelo coordenador-executivo do Cento de Contigência de Combate ao Coronavírus do Governo de São Paulo, João Gabbardo, nas redes sociais.

“Começa a reduzir a pressão sobre o sistema de saúde. Mas, todo cuidado nos próximos dias é extremamente importante”, escreveu Gabbardo. De acordo com o governo, na segunda-feira (5), 29.510 pessoas com covid-19 estavam internadas no Estado, sendo 12.963 em leitos de UTI e outras 16.547 em enfermaria, quando as taxas de ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva estavam em 90,7% no Estado e de 90,6% na Grande São Paulo.

Fonte R7

error: Conteúdo protegido.