Conecte-se Conosco

Geral

Grupo de 11 homens denuncia condição análoga à escravidão em obra de Indaiatuba

Grupo de 11 trabalhadores divide um alojamento com dois quartos e um banheiro, sem geladeira ou fogão em Indaiatuba (SP) — Foto: Pedro Torres/EPTV
Compartilhe essa notícia:

Trabalhadores informaram à Polícia Civil que foram contratados para trabalhar em construção, mas não receberam os salários prometidos. Eles dividem alojamento em condições precárias, e alimentação é irregular.

Um grupo formado por 11 homens procurou a Polícia Civil de Indaiatuba (SP) para denunciar um caso de condição análoga à escravidão. As vítimas alegam que foram contratadas para trabalhar em uma obra no centro da cidade e que acabaram demitidos após questionarem a falta de pagamentos.

Ainda segundo os trabalhadores, eles eram mantidos em um alojamento em condições insalubres, de apenas dois quartos, e que nem todos tinham cama para dormir. O local não dispunha de geladeira ou fogão, e produtos de limpeza não eram fornecidos para limpeza do único banheiro a que tinham acesso.

Na denuncia à Polícia Civil, as vítimas relatam que foram contratadas por um homem conhecido como Fábio, e que receberam a proposta de que receberiam salário, alojamento e alimentação. Após a demissão no dia 8 de setembro, eles tiveram o acesso ao local da obra barrado, mas permaneceram no alojamento, onde recebiam, de forma irregular, a alimentação prometida.

As vítimas contam que muitas das marmitas entregues chegavam azedas e que no domingo receberam apenas o almoço, ficando sem o café da manhã e o jantar. Nesta segunda (12), eles não receberam nenhuma refeição – alegaram que o contratante, ao saber que estavam na delegacia, teria enviado as marmitas ao endereço do alojamento.

Alojamento onde estão os trabalhadores que denunciaram condições análogas à escravidão em Indaiatuba (SP) — Foto: Pedro Torres/EPTV

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Indaiatuba, e a perícia foi acionada para comparecer ao alojamento dos trabalhadores. Não havia a qualificação dos contratantes no registro da ocorrência.

Via g1 Campinas

Compartilhe essa notícia:

O Portal iMais apresenta as principais notícias e informações de Indaiatuba, cidades da região e também fatos relevantes para a população local. Iniciado em 9 de dezembro de 2007, ainda com o nome de Mais Indaiá, é o mais antigo site de notícias de Indaiatuba. Desde o final de 2019 recebeu uma nova roupagem, nome e uma linha editorial mais atrativa aos assuntos de maior interesse aos indaiatubanos.

Propaganda
Programa Entre Falas com Camila Almeida