Conecte-se Conosco

Cultura

Mozart e Beethoven abrem temporada da Sinfônica de Indaiatuba

Sob regência do maestro Paulo de Paula, concerto reúne obras de Mozart e Beethoven CRÉDITO FOTO: FELIPE GOMES
Compartilhe essa notícia:

Concerto acontece no dia 16, na sala Acrísio de Camargo, no Ciaei

Orquestra Sinfônica de Indaiatuba, que está celebrando 10 anos de existência, abre oficialmente a Temporada 2024 no próximo dia 16, às 20h, com um concerto que reúne dois dos grandes nomes da música clássica mundial: Mozart e Beethoven, na sala Acrísio de Camargo, no Ciaei. A direção e regência são do maestro Paulo de Paula. A entrada é gratuita.

Para o programa de estreia da Temporada foram escolhidas as obras Abertura As Bodas de Fígaro (Mozart) e Sinfonia 3 Eroica (Beethoven) já que as duas têm temáticas semelhante por representarem, de certo modo, os ideais iluministas, muito em voga naquele momento.

As Bodas de Fígaro foi composta por Mozart, em 1786, a partir da peça de mesmo nome, escrita pelo dramaturgo francês Beaumarchais, uma comédia que em muitos momentos critica os hábitos da nobreza, usando do recurso da sátira para denunciar seus excessos. “Segundo alguns musicólogos, a escolha de um tema tão delicado teria trazido grandes problemas para a reputação de Mozart, numa Viena dominada pela nobreza”, comenta o maestro Paulo de Paula.

Já a Sinfonia nº 3 de Beethoven, também chamada de Eroica tem uma importância muito grande na história da música, sendo considerada um divisor de águas para o estilo clássico. Beethoven, que sempre foi um revolucionário, escreveu a sinfonia em homenagem à Napoleão Bonaparte, objeto de grande admiração do compositor, por personificar os ideais da revolução francesa. “A sinfonia foi terminada no mesmo ano em que Napoleão se auto coroou imperador, o que deixou Beethoven furioso, passando a considerar o francês um traidor dos ideais revolucionários. Ele então rasgou o nome de Napoleão da obra e alterou a dedicatória para Sinfonia heroica, composta para celebrar a memória de um grande homem. De certo modo, Napoleão morreu naquele momento para Beethoven”, destaca o maestro.

COMO ASSISTIR? Para conferir a apresentação, que tem entrada gratuita recomenda-se chegar meia hora antes, pois a disponibilização dos lugares é por ordem de chegada.

O concerto é realizado pela Associação Mantenedora da Orquestra de Indaiatuba (AMOJI) – que completa duas décadas de existência –, em parceria com a Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. A Sala Acrísio de Camargo fica no Ciaei (Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba), situado na avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé, 3665, bairro Jardim Regina — Indaiatuba (SP).

SERVIÇO
Mozart e Beethoven – Orquestra Sinfônica de Indaiatuba
Abertura Temporada 2024
Data: 16/03 l Horário: 20h
Entrada gratuita e por ordem de chegada
Local: Sala Acrísio de Camargo – Ciaei (Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba) – Avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé, 3665 – Jardim Regina, Indaiatuba (SP) – MAPA AQUI 

Propaganda

Sobre a AMOJI A Associação Mantenedora da Orquestra Jovem de Indaiatuba (AMOJI) é responsável pela manutenção da Orquestra Sinfônica de Indaiatuba, que vem se destacando por sua intensa atuação na divulgação e popularização da música orquestral. Realizando, anualmente, mais de uma dezena de concertos gratuitos, com participação de músicos do município de Indaiatuba (SP) e solistas de renome. Promove também o Encontro Musical de Indaiatuba (EMIn), que disponibiliza masterclasses para estudantes de música de todo o Brasil e uma programação cultural de concertos para a comunidade.

Compartilhe essa notícia:

O Portal iMais apresenta as principais notícias e informações de Indaiatuba, cidades da região e também fatos relevantes para a população local. Iniciado em 9 de dezembro de 2007, ainda com o nome de Mais Indaiá, é o mais antigo site de notícias de Indaiatuba. Desde o final de 2019 recebeu uma nova roupagem, nome e uma linha editorial mais atrativa aos assuntos de maior interesse aos indaiatubanos.

Continue lendo
Propaganda